Browsing Tag

Programa de Afiliados

Marketing de Afiliados,

Aprenda como usar o SEO para Afiliados para aumentar suas vendas

Atualmente, com tanto conteúdo na internet, é imprescindível que um site ou blog siga os conceitos do SEO. Esse recurso oferece um melhor posicionamento nos principais buscadores (Google, Bing e Yahoo), de forma orgânica (não paga). Por isso, nós da Confilio vamos explicar porque é importante investir em SEO para Afiliados. Confira!

O que é SEO para Afiliados?

O SEO para Afiliados, nada mais é do que a utilizar os recursos da otimização de sites para impulsionar os anúncios das páginas. Além de deixar seu blog bem posicionado, criar conteúdo otimizado relevante pode favorecer os anúncios da Rede de Afiliados. Saiba mais!

Por que investir em SEO para Afiliados?

Os afiliados ganham dinheiro com os anúncios das empresas, de acordo com o tipo de renumeração que foi acordada anteriormente. Sendo assim, investir em mídia paga não seria vantajoso para os afiliados.

Então, utilizar o SEO é uma ótima forma de conquistar um bom ranqueamento, aumentar seu tráfego e, consequentemente, ampliar as chances de cliques nos anúncios da sua página.

Se você domina o SEO e consegue criar conteúdos otimizados com esse recurso, então não precisará investir dinheiro nesse segmento. Mas, caso contrário, pelo menos no início da otimização do site, é necessário buscar uma agência especializada em SEO.

Como fazer SEO para Afiliados?

Para realizar o objetivo de conseguir alcança as primeiras páginas, é preciso investir em um trabalho árduo, mas não é impossível. Siga algumas dicas, logo abaixo:

1. Conteúdo relevante

Quando alguém faz uma busca no Google, o algoritmo do buscador passa por milhares de páginas e consegue identificar as que possuem mais relevâncias.

É preciso usar as palavras-chave certas para entregar o que o usuário procura. Use algumas plataformas que entregam as palavras mais buscadas sobre o assunto que você vai escrever.

2. Regras básicas do SEO

Um dos conceitos básicos do SEO é saber utilizar o título e os subtítulos para facilitar a leitura e, claro, ranquear o site. Muitas pessoas não leem um texto inteiro, apenas passam o olhar sobre ele e leem os subtítulos destacados.

Além de facilitar a leitura, o Google considera relevante quem segue essas regras e usa adequadamente o (H1, H2 e H3).

3. Escaneabilidade

Já reparou que toda vez que entramos em um site olhamos rapidamente todo o visual? Principalmente as imagens e as estruturas! Sendo assim, deixe o seu texto bem organizado, sem parágrafos longos e com letras legíveis.

4. Velocidade da navegação

Faça uma análise do seu site para descobrir se ele está muito lento e demorando para carregar os textos e imagens. As pessoas tendem a desistir de navegar em um site se ele está carregando devagar.

5. Links internos

O usuário olha com bons olhos se a sua página possui links que levam para páginas interessantes e que complementem o seu texto. Mas lembre de usar com moderação para não “sujar” muito a página.

Agora você já sabe como usar o SEO para Afiliados para ficar no topo do Google e aumentar suas chances de cliques. Aproveite e conheça a Confilioempresa de Marketing de Performance. E ainda faça também parte da nossa rede de afiliados, clicando aqui.

Marketing de Afiliados,

Como criar um programa de afiliados para sua empresa

Montar um negócio na web tem ficado cada vez mais simples. O que não é tão simples assim é fazer com que ele comece a funcionar e gerar retorno. Afinal, depois que a plataforma está pronta, como fazer para atrair clientes? Eis aqui o grande desafio de quem empreende no mundo digital. O programa de afiliados é uma forma de trabalhar o marketing online com o apoio de uma rede de parceiros.

Neste artigo, vamos explicar direitinho o que isso significa. Aliás, vamos ensinar o passo a passo de como criar um programa de afiliados para sua empresa.

Comece a reforçar a presença da sua marca pela internet.

A seguir, você vai ver os passos para montar um programa de afiliados para a sua companhia.

O que é um programa de afiliados?

O programa de afiliados funciona assim: sabendo quem é o público-alvo que deseja atingir.

A ideia é buscar parceiros que tenham aderência com o negócio e que já tenham uma certa audiência, como jornalistas, formadores de opinião ou blogueiros.

A parceria é feita com base em metas bem definidas e, à medida que elas são alcançadas, não só a empresa, mas os afiliados também ganham com isso.

Com o modelo ganha-ganha, o objetivo da parceria pode ser aumentar o número de visitas no site da empresa, geração de leads ou conversão em vendas, por exemplo.

O tipo de comissão vai depender desse objetivo, o que faz do programa de afiliados uma forma segura de investir porque é mais fácil mensurar os resultados das ações.

Passo a passo para montar um programa de afiliados

1) Faça uma lista com os possíveis parceiros da sua empresa

O primeiro passo para estruturar um programa de afiliados é listar quem tem potencial para ser um parceiro.

Para isso, é importante ter bem delimitado o seu público-alvo (personas) e fazer uma pesquisa aprofundada, especialmente nas redes sociais e nos blogs de pessoas que têm uma audiência boa e que podem ajudar a mostrar que a sua empresa existe para as pessoas que você deseja ter como clientes.

2) Estipule as regras e comissões antes de propor a parceria

Antes de conversar com os parceiros, defina exatamente o que vai propor a eles.

Lembrando que precisa ser interessante para as duas partes envolvidas.

Deixe claro qual é o objetivo do seu negócio no momento.

Outro ponto importante é definir a forma de comissionamento, que pode ser:

  •  CPC (Custo por Clique)
  • CPL (Custo por Lead)
  • CPM (Custo por Mil Impressões)
  • CPA (Custo por Aquisição)
  • CPI (Custo por Instalação)

No CPC, uma taxa fixa é paga cada vez que uma pessoa clicar no link do afiliado que leva para o site da sua empresa.

Se a meta for gerar lead, pode-se determinar que a forma de comissionamento é o CPL.

Assim, a taxa é paga para o afiliado a cada lead que ele gerar.

Se o que você quer é gerar venda, então pode pagar uma porcentagem pré-definida por cada produto vendido a partir do link da sua loja online no site do afiliado.

3) Ofereça o material de divulgação da sua campanha

Ao propor a parceria, você precisa ter material de divulgação dos seus produtos ou serviços para deixar à disposição dos afiliados.

Releases, fotos profissionais em alta resolução, banners para sites de diversos tamanhos, material em HMTL para a confecção de newsletter, etc., vão ajudar a alcançar o melhor resultado com o discurso que você deseja.

Quanto mais discurso do afiliado estiver alinhado com o da sua empresa, melhor.

Vale a pena deixar um documento pronto com uma explicação de como você deseja que o seu negócio seja exposto.

Inclusive o que não é interessante para você. Isso ajuda a evitar conflitos e prejuízos para a marca.

Mantenha seus afiliados sempre atualizados e ofereça canais de suporte para o caso de necessidade. Tenha em mente que a empresa e os afiliados são grandes aliados. Um ajuda o outro e todos saem ganhando.

Diante disso, se você deseja trabalhar com programa de afiliados e quer mais praticidade, segurança e rapidez no processo, conte com a Confilio. A nossa plataforma já tem toda a estrutura que você precisa, com uma base de afiliados qualificada e pronta para ajudar o seu negócio a acontecer. Então, clique aqui e conheça o nosso trabalho.

Marketing Digital,

O que é automação de marketing? Saiba aqui!

Você sabe o que é automação de marketing? Nós da Confilio, empresa de marketing digital e com foco em performance, vamos explicar para você. Muitas pessoas acreditam que um simples seguir de volta nas redes sociais é automação de marketing, mas essa estratégia é mais abrangente. Saiba mais!

O que é automação de marketing?

A automação de marketing significa entender as ações dos visitantes e tentar agir em todos os canais online da empresa. Nesse estágio, o cliente em potencial já tem interesse na compra, mas ainda precisa de mais informações. Então, entra a automação de marketing para conduzir a compra.

Parece complicado ao ler a definição, mas vamos deixar mais claro para você. Basicamente, a automação de marketing utiliza softwares e outras tecnologias para agir em grande escala e, consequentemente, aumentar as chances de vendas.

Imagina uma tarefa diária que você costuma fazer repetidamente. Agora pense se ela fosse realizada de uma única vez e que ainda você pode mensurá-las. É isso que a automação de marketing faz para que você otimize o seu tempo.

Como automatizar as ações de marketing?

Existem algumas áreas que podem ser automatizadas, são elas:

E-mail: a tecnologia já permite automatizar o envio dos e-mails e analisar cada ação dos usuários. Além de responder automaticamente e ainda segmentar a lista dos e-mails cadastrados.

Rede social: as mídias sociais podem distribuir um conteúdo automaticamente, aumentando o número de seguidores e de engajamento.

Landing page: hoje em dia, já é possível usar modelos prontos de langing page por vezes seguidas.

Como a automação de marketing ajuda a nutrir leads?

Você sabe o que é lead? É um formulário que solicita os dados de contato do usuário para convertê-lo em cliente de uma empresa. Em breves palavras, é um visitante que tem real interesse no seu produto/serviço.

Porém, o interesse em si não se configura em venda. É aí que entra a nutrição de leads com ajuda da automação de marketing. Será preciso criar um relacionamento com esse usuário, através dos dados obtidos.

A automação de marketing pode fazer essa interação com o visitante, através de mensagens personalizadas. Assim, quando realmente ele for comprar, ele se lembrará da sua empresa.

A nutrição de leads e a conversão de vendas

Nutrir um lead e chegar na conversão de venda possui um caminho. Para chegar nele, é preciso apostar em alguns elementos do marketing digital. São eles:

Leads ricos: pedir informações específicas podem deixar seu lead mais rico. Não é pela quantidade, mas pela qualidade das informações solicitadas, que podem ajudar a criar estratégias personalizadas. Saiba mais, logo abaixo.

Conteúdo personalizado: esse conceito depende do anterior. Isso porque, com base nas informações solicitadas, é possível personalizar a nutrição do lead — se baseando nas respostas preenchidas do formulário.

Intervalo de tempo: é necessário traçar uma linha do tempo e colocar todas as ações que você fará com o lead, afim de chega na ponta final — que é a conversão da compra do produto ou a contração do serviço. É importante respeitar um intervalo de tempo para fazer um contato com esse lead.

Conversão ou não: você pode ter seguido os conceitos básicos da nutrição dos leads, mas o usuário pode fazer a conversão ou não. Vale colocar em uma lista aqueles que não interagiram com seus conteúdos para mais tarde entrar em contato com eles novamente.

Agora você já sabe como funciona a automação de marketing e porque ela é importante para a nutrição de lead. A Confilio é a principal rede de afiliados com campanhas que pagam comissão por lead do Brasil. Clique aqui e cadastre-se para ter acesso a elas e ganhar dinheiro sem sair de casa.

Marketing Digital,

O que significa CPL e como gerar leads qualificados

Neste artigo você vai entender o que significa CPL e como gerar leads qualificados para melhorar seus resultados em vendas, seja qual for o nicho de atuação. Mas, antes de mais nada vamos entender o que é lead.

O que é CPL? O que é lead?

Lead é todo possível cliente que chega até a sua empresa para saber mais informações sobre o produto ou serviço que você oferece. Mais do que isso, ele está disposto a informar seus dados pessoais, como e-mail e telefone, e se manter em contato para saber sobre as novidades. Mesmo que não compre nada de imediato, ele tem muito potencial para gerar novas vendas.

O cliente que se cadastra no site da sua empresa e te autoriza ao envio de e-mails, por exemplo, sabe que pode precisar do que você tem a oferecer em algum momento e está esperando a hora certa de comprar. Cabe à sua empresa fazer uso inteligente desse contato, usando estratégias assertivas para vender o seu produto ou serviço.

Agora que você já sabe o que é lead, veja o que significa CPL (Custo por Lead) e, em seguida, veja dicas de como gerar leads qualificados para o seu negócio.

Entenda o que significa CPL (Custo por Lead)

Vamos falar agora sobre o que significa CPL (Custo por Lead). Essa é uma das formas de calcular o investimento de uma campanha de marketing. Ou seja, é com o CPL que um anunciante sabe quanto custa a captação de cada cliente em potencial.

Para saber o valor do CPL (Custo por Lead), basta dividir valor do investimento feito pelo número de leads captados.

CPL = Investimento total na campanha / Número de Leads

Com esse resultado, fica mais fácil para o anunciante saber como direcionar seus recursos de forma saudável para as finanças da empresa.

Mas, quais são as estratégias mais eficientes? Como gerar leads qualificados? Continue a leitura e veja algumas recomendações:

Como gerar leads qualificados com Inbound e Outbound Marketing

Toda empresa quer crescer e vender mais e, por isso, precisa encontrar maneiras de chegar aos seus clientes em potencial. Esses clientes, como falamos acima, são chamados de leads. Veja agora dicas de como gerar leads qualificados usando Inbound e Outbound Marketing:

Inbound Marketing

Ao usar Inbound Marketing para gerar leads, o cliente mostra interesse pelo produto ou serviço porque encontrou um texto ao fazer uma busca no Google, por exemplo. Um artigo bem feito e otimizado (SEO) no blog institucional, não necessariamente sobre a empresa, mas sobre o mercado em geral e suas soluções, pode render muitas inscrições na newsletter. O que ajuda a qualificar e segmentar o lead, nesse caso, é o formulário de cadastro. Os leads também podem vir através de landing pages e de campanhas direcionadas feitas pelas redes sociais.

 Outbound Marketing

Com Outbound Marketing, a iniciativa de captação do lead é da empresa e é feita de maneira mais personalizada. A prospecção pode ser através de:

  • Visitas presenciais.
  • Participação e patrocínio de eventos do nicho de atuação.
  • Redes sociais.
  • Ferramentas de web scraping.

Com cautela, a empresa precisa estar atenta às oportunidades de venda, apresentando suas soluções de forma não invasiva.

Diante disso, agora já sabe o que significa CPL (Custo por Lead). A Confilio é a principal rede de afiliados com campanhas que pagam comissão por lead do Brasil. Clique aqui e cadastre-se para ter acesso a elas e ganhar dinheiro sem sair de casa.   

Marketing de Afiliados,

Como alavancar vendas em datas comemorativas com a rede de afiliados

Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Namorados, Dia dos Pais, Dia das Crianças, Black Friday, Natal e Réveillon. Essas são as principais datas comemorativas que ano a ano movimentam as vendas pela internet e fora dela também. Se você é produtor de conteúdo e quer saber como alavancar vendas em datas comemorativas, além de melhorar o faturamento através da rede de afiliados, leia esse artigo até o final.

Como alavancar vendas em datas comemorativas?

É importante que os donos das plataformas de conteúdo tenham estratégia e bom planejamento para conseguir melhores resultados.

Na última edição da Black Friday (2017), por exemplo, o faturamento para o setor de e-commerce foi de R$ 2,1 bilhões.

Em um ano, houve alta de 10,3%, de acordo com dados da Ebit. Em uma data como essa, o que não falta é oportunidade para um produtor de conteúdo que usa a rede de afiliados como recurso de obtenção de renda.

Confira algumas dicas de como alavancar vendas em datas comemorativas com ajuda da rede de afiliados:

Dicas de como alavancar vendas em datas comemorativas usando a rede de afiliados

 1 . Todo nicho pode encontrar temas relacionados a diversas datas sazonais

A primeira dica sobre como alavancar vendas em datas comemorativas usando a rede de afiliados é ser criativo. Pesquise e encontre como o seu nicho de atuação pode trabalhar conteúdos com palavras-chave diferentes e relacionadas às datas sazonais. Dessa forma, é mais fácil alcançar mais produtos e campanhas e aumentar a renda.

Por exemplo, se você tem um blog cujo tema principal é finanças pessoais, então pode trazer conteúdos como:

  • Dicas para viajar no Carnaval sem gastar muito.
  • Como conseguir renda extra no período da Páscoa.
  • Dia das Mães: dicas para escolher um presente que caiba no seu bolso.

 2 . Faça um calendário de datas que sejam relevantes para o seu negócio

Monte um calendário com as datas comemorativas que podem ser interessantes para o seu projeto.  Além das principais, citadas no início do texto, considere também outras. O Dia do Médico ou o Dia do Advogado também são boas opções.

Dependendo do seu nicho, vale a pena dar uma olhada no calendário de datas internacionais. Assim, fica mais difícil perder o timing de publicação.

Se a ideia é aproveitar o Dia das Mães, por exemplo, é interessante que o post seja feito pelo menos 2 semanas antes. Se for feito muito em cima da hora, o resultado não vai ser o mesmo. Planejamento é fundamental!

3 . Ofereça bônus, crie campanhas promocionais e sorteios sazonais

Se no seu blog já existe um e-book com o tema “Guia definitivo: como fazer um planejamento financeiro eficiente”, por exemplo, você pode oferecer um outro menor e complementar.

Um tema feito especialmente para o final de ano: “Bônus: comece o próximo ano com a vida financeira organizada”.

Fazer sorteios de brindes, oferecer desconto ou até gratuidade em algum produto pago por tempo determinado são boas alternativas para aumentar o alcance e o engajamento nas suas campanhas ativas em qualquer data sazonal.

Se com essas dicas você não conseguiu ver chances de aumentar seus acessos e conseguir mais cliques, downloads e conversões, então aproveite para manter o relacionamento com seus leads.

No Dia dos Pais, faça um disparo de e-mail para toda a base com um cartão de “Feliz Dia dos Pais”, simples e sem intenção de venda.

A manutenção desse diálogo tende a aumentar a confiança para as próximas oportunidades.

Diante disso, agora você já sabe um pouco mais sobre como alavancar vendas em datas comemorativas usando a rede de afiliados. Então, conheça a Confilio e as vantagens desse tipo de estratégia de marketing para você.