Author

Infoprodutos,

Como criar um blog para vender infoprodutos

Está procurando uma forma de ganhar na internet? Então está no lugar certo! Nós da Confilio — empresa de Marketing Digital com foco em performance — vamos ensinar como usar um blog para vender infoprodutos. Confira, logo abaixo.

Como vender infoprodutos?

Sem dúvida, existem várias maneiras para vender infoprodutos na internet, através de sites, redes sociais e outros.

Porém, neste artigo, vamos ensinar como utilizar um blog para vender infoprodutos e ganhar dinheiro com isso.

Como vender infoprodutos no blog?

Você tem um blog ou está pensando em criar um? Ele pode ser uma boa ferramenta para vender infoprodutos.

Sobretudo, é importante saber que infoprodutos são produtos digitais que podem ser “usados” online ou baixados no computador.

Geralmente, esses infoprodutos passam informações de aprendizado sobre algum assunto ou área.

Como criar um blog para vender infoprodutos?

De fato, existem alguns passos que devem ser seguidos para conseguir criar um blog poderoso para vender produtos digitais.

Seguindo essas tarefas fica mais fácil ser encontrado na internet para poder vender.

1. Domínio

Em primeiro lugar, você precisa escolher um domínio (www.dominio.com.br) e registrá-lo.

É importante escolher um nome fácil e memorável. Além, claro, de registrá-lo em www.registro.br.

2. Hospedagem

Escolha uma empresa de hospedagem de site na internet. Existem várias opções no mercado.

Algumas empresas oferecem vários recursos para seu blog. Portanto, escolha o ideal para o tipo de infoproduto que você quer vender.

3. Utilizar o CMS WordPress

O CMS WordPress é um software que ajuda a publicar artigos, imagens, vídeos, entre outros formatos de mídia dentro do blog.

Então procure entender as funções que esse software oferece para deixar seu blog mais organizado. Além de deixar a estrutura do blog mais objetiva e coerente com os infoprodutos.

4. Ferramentas para o blog

Utilize os recursos para deixar seu blog com os plugins necessários para execução dos recursos.

Escolha o tema do seu blog para deixar com o design que você deseja. Cada template determina os elementos das páginas, como menus, header, rodapé, textos, imagens, vídeos e outros.

5. Produza conteúdo de qualidade

Muitos usuários podem chegar no seu blog interessados no conteúdo que você fornece, portanto, procure oferecer o melhor para seu público.

Utilize recursos de SEO (Search Engine Optimization) para atrair mais público para seu blog e para deixa-lo mais bem ranqueado.

6. Divulgue seu blog

Seu blog precisa ser visto pelo máximo de pessoas que você conseguir atingir. Busque formas de divulgar sua página na internet.

Vale utilizar links patrocinados (Facebook Ads, Google Ads e outros) para atingir um público segmentado.

7. Utilize formulário

Inclua formulário de inscrição de e-mail nas páginas do seu blog para que os usuários possam mostrar interesse em receber conteúdos e anúncios do seu blog.

Essa é uma forma de enviar E-mail Marketing com os infoprodutos para esses contatos que se mostraram interessados.

8. A venda precisa ser consequência

Não adianta encher o blog com infoprodutos e não entregar o que, de fato, esse recurso precisa entregar: conteúdo de qualidade.

Portanto, entregue boa informação e terá como consequência as vendas dos infoprodutos.

E aí, você quer fazer ou já tem um blog para vender infoprodutos? Então veja fazer parte da Rede de Afiliados da Confilio, clicando aqui.

Marketing de Afiliados,

Como montar um e-commerce com programas de afiliados?

Se você está buscando abrir um e-commerce com programas de afiliados, então nós da Confilio — empresa de Marketing Digital com foco em performance — podemos te ajudar com isso. Veja como funciona esse tipo de negócio digital.

E-commerce com programas de afiliados

Em primeiro lugar, é importante saber o que é um e-commerce com programas de afiliados.

Um e-commerce é uma loja virtual de produtos ou infoprodutos. Já um programa de afiliado é uma estratégia de divulgação de empresas e publishers, no qual ambos os lados ganham.

Dessa forma, um e-commerce com programa de afiliado é uma loja online que comercializa produtos/serviços de outras lojas.

O afiliado ganha uma comissão quando vender o produto desse parceiro. A empresa consegue ver a partir da origem do link que a compra foi feita na loja do afiliado.

Como montar uma loja virtual com programa de afiliados?

Agora que você sabe o que é um e-commerce e um programa de afiliados, então pode conferir algumas dicas que separamos para quem quer iniciar nesse segmento. Confira, logo abaixo.

1. Escolha um nicho para sua loja virtual

O primeiro passo para abertura de um e-commerce é a escolha por um nicho que você quer investir.

Lembre-se de procurar por um segmento que você tenha afinidade e conhecimento. Fazer um curso sobre a área pode ser uma boa forma de medir seu interesse sobre o assunto.

2. Escolha da plataforma

Definido o segmento, então é hora de escolher a plataforma do e-commerce. Faça uma busca por avaliações sobre as opções e escolha a ideal para o seu negócio.

Talvez seja necessário pedir ajuda para profissionais da área de TI para avaliar juntos a melhor plataforma de e-commerce.

3. Hora de escolher os programas de afiliados

Veja as vantagens que os programas de afiliados oferecem, principalmente, o valor e o tempo de pagamento das comissões.

Tenha cuidado ao revender algum produto que você não acredita na credibilidade dele porque você está relacionando a imagem do seu e-commerce com esses produtos.

4. Estratégias de divulgação

De fato, as estratégias de Marketing precisam ser colocadas em prática para você conseguir mais visibilidade para a sua loja virtual.

Existem vários recursos que você utilizar para fazer a divulgação, conteúdo SEO, redes sociais, Facebook Ads, Google Ads, publicidade no Instagram e muitos outros.

5. Dedicação e foco

De fato, mesmo colocando todos os passos anteriores em ação, se você não ter dedicação e foco não irá conseguir um e-commerce com programa de afiliados de sucesso.

Portanto, procure se esforçar para atrair usuários para a sua loja virtual para aumentar as vendas e, consequentemente, ganhar mais comissões das empresas.

É possível ganhar muito dinheiro com programa de afiliado?

Essa resposta varia de afiliado para afiliado. Muitas pessoas já vivem apenas com o dinheiro dos programas de afiliados.

Porém, também tem muitas pessoas que utilizam essa estratégia de venda para tirar uma renda extra.

Avalie o que você quer, faça um planejamento e mãos à obra!

Enfim, agora você sabe como montar um e-commerce com programas de afiliados. Quer fazer parte da rede de afiliados da Confilio? Então aproveita e entre para nossa rede, clicando aqui.

Marketing de Afiliados,

Como montar um negócio com programas de afiliados?

Nós da Confilio, empresa de marketing de performance, vamos ensinar vocês como montar um negócio com programas de afiliados. Se você quer trabalhar com um negócio próprio em 2019, então essa é a sua chance. Confira!

Montar um negócio com programas de afiliados

Antes de aprender como montar um negócio com programas de afiliados, é necessário entender como funciona esse tipo de mercado.

Geralmente, um programa de afiliados é intermediado por uma agência que gerencia os anúncios de empresas que querem divulga-los nas páginas dos afiliados (blogueiros, criadores de conteúdo, entre outros).

Em outras palavras, as empresas colocam seus anúncios em outros sites e paga uma renumeração pré-estabelecida para esse afiliado.

Mas, afinal, como montar um negócio com programa de afiliados?

Agora que você entendeu como funciona o esquema do programa de afiliados, então pode pensar em maneiras de criar negócios que conversem bem com esse mercado.

Uma das melhores estratégias é montar uma loja virtual já com um programa de afiliados — negócio que requer pouco investimento e pode ser muito lucrativo.

Se você quer começar o ano de 2019 trabalhando por conta própria, então pode investir nesse tipo de negócio seguindo nossas dicas, abaixo.

1. Nicho de mercado

Antes de abrir seu negócio você precisa saber qual o nicho de mercado que você vai apostar. Alimentação? Moda? Turismo?

Lembre-se de escolher conforme a sua relação com o tema para que seja um negócio que você goste e tenha domínio.

Por exemplo, se você gosta de turismo, então criar um site ou blog sobre esse assunto é uma ótima maneira de atrair afiliados.

2. Escolha a sua plataforma de negócio

O site, blog ou loja virtual precisa ter “cara” de um local de vendas. Isso porque os usuários tendem a confiar mais em sites que possuem aparência de e-commerce.

Mesmo que seja um site que possua um direcionamento para uma loja virtual ou até mesmo os recursos dos plugins do WordPress.

Existem vários templates prontos e fáceis de implentar um programa de afiliados no seu site.

3. Escolhendo os programas de afiliados

Para implementar programas de afiliados consolidados na sua página você precisa escolher as melhores opções do mercado e que possuem sintonia com seu negócio.

Pesquise bastante e tire suas dúvidas com todas os programas de afiliados para escolher aquele que tenha uma boa proposta.

Não fique preocupado se alguns programas de afiliados demorarem a responder. É comum que alguns demorem dias ou até mesmo semanas.

4. Coloque os anúncios nas páginas

A implementação de anúncios dos programas de afiliados precisa ser bem estratégica. A boa escolha pode aumentar suas chances de faturamento.

As posições mais estratégicas dos anúncios costumam ser nas laterais do site, por exemplo. Porém, é necessário fazer uma análise do seu site antes dessa escolha.

Um grande erro é achar que um número exagerado de anúncio pode trazer mais vendas para seu negócio.

Na verdade, é preciso ter um bom senso na quantidade para poder ganhar dinheiro com o marketing dos afiliados.

Enfim, agora você sabe como montar um negócio com programa de afiliados. Quer fazer parte da rede de afiliados da Confilio? Então aproveita e entre para nossa rede, clicando aqui.

Marketing de Afiliados,

Marketing de Afiliados na Black Friday pode alavancar suas vendas

Sem dúvida, a Black Friday por si só aumenta as vendas de muitas empresas. Porém, para lucrar ainda mais nessa data — que no varejo brasileiro só perde para o Natal —, nós da Confilio vamos mostrar que o Marketing de Afiliados na Black Friday pode aquecer suas vendas.

Marketing de Afiliados na Black Friday

Em primeiro lugar, antes de saber como Marketing de Afiliados na Black Friday podem juntas alavancar suas vendas, é preciso entender o que eles são.

O Marketing de Afiliados é uma estratégia utilizada por empresas e publishers (blogueiros, escritores, entre outros) que possuem um mesmo objetivo: ganhar dinheiro.

Dessa forma, o publisher divulga em sua página um anúncio de uma empresa e ganha uma comissão se ação acordada antes for concluída, como um clique ou compra do produto.

O que é Black Friday?

Provavelmente, você já ouviu falar sobre Black Friday. Essa data, comemorada na última sexta-feira do mês de novembro, é utilizada pelas empresas para fazer promoções e descontos imperdíveis.

Sendo assim, as vendas de produtos e contratações de serviços podem aumentar algumas semanas antes e durante a Black Friday.

Marketing de Afiliados na Black Friday

Se os preços caem durante a Black Friday, então os afiliados podem ter mais conversões e ganhar mais comissões com as vendas.

Sendo assim, as empresas e marcas também ganham mais com o aumento dos cliques e vendas nos sites dos seus afiliados.

O que os afiliados podem fazer na Black Friday?

Se o momento é propício para os usuários comprarem mais, já que os preços estão menores e mais atrativos. Então saiba como lucrar ainda mais na Black Friday, logo abaixo.

1. Antecipe as estratégias

Como a Black Friday é uma data marcada e aguardada pelos usuários, as chances de vender mais são grandes.

Portanto, antecipar os anúncios de promoções algumas semanas ou dias antes da sexta-feira mais aguardada do ano é uma estratégia inteligente.

As pessoas já começam a pesquisar os preços alguns dias antes da Black Friday e podem antecipar as compras.

2. Avise seus publishers

Monte uma estratégia e envie para seus afiliados antecipadamente. Lembre-se que a concorrência também é alta nesta época, então sai na frente dos concorrentes.

Se possível, repagine a comunicação visual do seu site e mantenha visível os banners sobre a Black Friday.

Imagina que quanto mais divulgação dos seus anúncios através dos afiliados, mais destaque para sua empresa em comparação com outros anunciantes.

3. Site preparado para tráfego

Não dá para ficar fora do ar em um dos dias que seu site pode receber mais acessos. Afinal, os anúncios dos afiliados serão linkados para uma página do seu domínio.

Procure verificar todas as configurações, atualizações e otimizações do seu site algumas semanas antes da Black Friday — evitando a lentidão e a retirada do ar.

O importante é ter em mente que os usuários que entrarem no seu site durante a Black Friday, se ficarem satisfeitos, podem voltar mais vezes no seu site ao longo do ano.

E aí, vai investir no Marketing de Afiliados na Black Friday? Conte nos comentários! Aproveita e faça parte da nossa Rede de Afiliados, clicando aqui!

Marketing de Afiliados,

O que é Marketing de CPA?

Nós da Confilio vamos contar tudo sobre Marketing de CPA. Se você já ouviu falar sobre essa nomeação, principalmente envolvida com rede de afiliados, então está no lugar certo. Leia a matéria e tire todas suas dúvidas.

O que é CPA? O que é Marketing de CPA?

Se você é afiliado ou anunciante de alguma empresa, então já escutou em algum momento sobre o Marketing de CPA.

Porém, se tem alguma dúvida ou não entende muito bem como ele funciona, então vai esclarecer todas as questões aqui.

A sigla CPA é a abreviação do termo Cost Per Action: Custo por Ação — que nada mais é do um pagamento realizado apenas se tem conversão.

Essa conversão pode ser um clique no link, um download, um cadastro, a inserção de um cupom ou qualquer outra ação que o anúncio solicitar.

Afinal, o que é o CPA Marketing?

Agora que você entendeu o que é CPA, então pode aprender sobre a relação dele com o Marketing.

Essa estratégia de Marketing é muito utilizada por empresas que realmente querem ter controle do retorno do investimento.

Isso porque é possível medir a ação finalizada com muita facilidade. Dessa forma, investir nesse tipo de Marketing é um ótimo investimento para todos os negócios.

Como funciona o Marketing CPA?

Para ilustrar melhor como funciona esse tipo de Marketing vamos explicar como ele funciona.

Atualmente, o mercado de afiliados está consolidado e só tende a crescer. Esse segmento é responsável pela renda (extra ou não) de muitas pessoas que trabalham na internet.

Uma empresa planeja um budget para investir em anúncios na internet. Dessa forma, ela pode escolher trabalhar com o Custo por Ação (CPA).

Depois é preciso organizar e planejar as estratégias para o anúncio ser divulgado em diferentes sites e mídias sociais — que possuam o público do seu interesse.

Anúncio para gerar CPA

Assim que os anúncios das empresas são colocados nos sites (acertado antes entre empresa e dono do site), inicia o período de vinculação para conversão.

Um link tagueado para cada site determina de onde veio cada ação — facilitando o processo de pagamento do afiliados.

Se ação específica acordada for executada, então o afiliado recebe a comissão pré-estabelecida no início do contrato.

Por que investir no Marketing de CPA?

Se você chegou até aqui e ainda não se convenceu que esse tipo de Marketing é um ótimo investimento, então veja as vantagens que vão fazer você mudar de ideia.

1. Comissão maiores para Afiliados

Por ser um tipo de métrica e pagamento que trabalha com alto retorno, então as comissões para Afiliados são maiores em comparação a outros tipos de comissão.

2. Aumenta o tráfego

Por tratar de produtos consolidados no mercado, esse tipo de investimento aumenta o tráfego do seu site.

3. Fácil divulgação

Se a marca no anúncio é conhecida no mercado, então se tornar mais fácil promover em comparação a infoprodutos recém-lançados.

O contrário, a marca é desconhecida, então basta contratar influenciadores para impulsionar o conhecimento e torná-lo conhecido.

E aí, afiliados, o que acharam do Marketing de CPA? Conte nos comentários! Aproveita e faça parte da nossa Rede de Afiliados, clicando aqui!

Infoprodutos,

5 estratégias para divulgar infoprodutos de sucesso

Nós da Confilio vamos ensinar como utilizar estratégias para vender infoprodutos de sucesso. Se você é afiliado iniciante ou quer testar novas estratégias de vendas, então leia essa matéria até o fim. Vamos lá!

O que são infoprodutos de sucesso?

Antes de saber o que são infoprodutos de sucesso é necessário saber identificar o que o configura como tal.

Um infoproduto, como o próprio nome entrega, é um produto com formato digital para ser consumido no celular, computador ou tablet.

Os infoprodutos possuem o objetivo de informar pessoas interessadas em determinados assuntos e áreas.

Os infoprodutos de sucesso são aqueles que são tendências mundiais e que são facilmente consumidos, como e-books, podcasts, vídeo-tutoriais, webinars, screencasts e outros.

Estratégias para vender infoprodutos de sucesso

Os infoprodutos de sucesso só se tornam tendências porque são comercializados através de estratégias que aumentam as chances de vendas.

Veja, abaixo, algumas estratégias para tornar o seu infoproduto um sucesso de vendas.

1. Marketing de conteúdo para vender infoprodutos

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia muito usada pelas pequenas, médias e grandes empresas.

Isso porque ele entrega conteúdo de interesse aos seus clientes, aproxima do seu público e fideliza os usuários no seu site.

Se você vende um infoproduto da área da educação, então pode oferecer conteúdo em texto, vídeo ou post relacionados com esse produto e a marca dele.

2. Remarketing para vender infoprodutos

O remarketing é uma ferramenta usada no Google AdWords (plataforma de anúncios do Google) que oferece informações sobre os usuários do seu site.

Esses dados mostram quem são os usuários, quais páginas eles acessam, quais outros sites eles costumam visitar, entre outras informações.

Sendo assim, você pode utilizar a propaganda do seu infoproduto em sites que os seus usuários visitam — aumentando as chances de cliques.

3. Redes sociais para vender infoprodutos

As pessoas passam muito tempo nas redes sociais, sem dúvida. Portanto, utilize esses canais para divulgar seus infoprodutos.

Facebook, Instagram, Twitter, YouTube e outros canais para fazer a divulgação dos infoprodutos de sucesso.

Além de divulgar organicamente (mídia não paga), você também pode utilizar os recursos pagos para alcançar mais pessoas.

4. Conteúdo SEO para vender infoprodutos

A estratégia SEO para conteúdo pode aumentar suas chances de vender infoprodutos.

Isso porque o conteúdo otimizado para busca coloca as páginas do seu blog ou site nos primeiros resultados dos principais buscadores (Google, Yahoo e Bing).

Além de atrair visitantes interessados no segmento do seu site, o número de cliques nos seus infoprodutos também pode aumentar.

5. Fóruns online

Poucas pessoas sabem que existem diversos fóruns online de discussão para pessoas trocarem informações, tirarem dúvidas e indicarem produtos.

Você pode utilizar esses fóruns para divulgar seus infoprodutos. Porém, é importante fazer a solicitação para fazer parte dele e perguntar se pode indicar um produto digital.

Procure sempre por fóruns que tenham a ver com o infoproduto que você vender.

Essas são apenas algumas estratégias para tornar seu infoproduto um sucesso.

Enfim, o que achou das dicas para a divulgação dos infoprodutos? Conte nos comentários! Aproveita e faça parte da nossa rede de afiliados, clicando aqui!

Marketing de Afiliados,

Descubra os 3 tipos de afiliados presentes no mercado

Você já conhece o universo da rede de afiliados? Nós da Confilio, empresa de Marketing de Performance, vamos explicar como esse segmento funciona e quais os tipos de afiliados. Confira, logo abaixo!

Quais são os tipos de afiliados?

Antes de saber quais são os tipos de afiliados é preciso entender como funciona a rede formada por eles.

Um afiliado é um divulgador de produtos/serviços de terceiros por meio de sites, blogs, redes sociais e outras plataformas.

Esse divulgador faz parte da rede de afiliados que precisa da negociação de empresas anunciantes e agências de Marketing.

Mas, afinal, quais são os tipos de afiliados?

Agora vamos explicar os tipos de afiliados para você entender as características diferentes que cada um possui.

1. Afiliado autoridade

O afiliado autoridade é aquele que é reconhecido pelo seu público e tem credibilidade quando divulga um produto.

Geralmente, ele trabalha com blog e redes sociais para ganhar audiência e construir uma base sólida de leads, que serão usados mais tarde para conversão de vendas.

Esse afiliado precisa ser especialista no assunto e buscar estratégias que tragam mais notoriedade para seu site/blog ou rede social — através de conteúdo SEO, frequência nas postagens e outros planos.

2. Afiliado árbitro

O afiliado árbitro utiliza os anúncios e campanhas pagas para atingir seu público alvo — a fim de ser reconhecido por esse nicho.

Ele precisa entender como gerenciar as campanhas, ter conhecimento em investimento, saber utilizar as ferramentas de divulgação, entre outras estratégias digitais.

Esse afiliado não precisa ser especialista no seu nicho de atuação, já que utiliza ferramentas de divulgação rápidas e fáceis.

3. Afiliado Renda Extra ou Revendedor

Esse tipo de afiliado, como o próprio nome diz, é destinado para quem está procurando uma fonte de renda extra.

O afiliado renda extra utiliza a sua própria base de dados e as conhece muito bem. Dessa forma, ele procura produtos nas plataformas com o objetivo de entregar o que seu público precisa.

O afiliado revendedor, como também pode ser chamado, começa gastando muito pouco e passa a utilizar o mercado de infoprodutos.

Qual o melhor tipo de afiliado?

Agora que você viu as 3 opções de afiliado que existem, então pode ter ficado na dúvida em qual apostar.

Não é uma escolha fácil, mas estude com calma as tarefas e vantagens que cada tipo de afiliado precisa seguir para saber se tem o seu perfil.

Se você escolher um tipo de afiliado para seguir, mas no caminho ver que não tem habilidade para exercer as funções, então escolha outro tipo e tente novamente.

O que precisa fazer para se tornar um afiliado?

Nos 3 tipos de afiliados é necessário ter uma fonte de divulgação na internet para vender ou revender produtos físicos e digitais ou para anunciar as campanhas dos anunciantes.

Portanto, um dos quesitos básicos que o afiliado precisa seguir é ter um site, blog, rede social, entre outras plataformas de divulgação.

Enfim, agora que você sabe quais são os tipos de afiliados, então pode começar sua carreira já! Aproveite e clique aqui para fazer parte da rede de afiliados da Confilio.

Infoprodutos,

Como criar um infoproduto e ganhar dinheiro na internet?

Uma das novidades do momento é a venda de produtos digitais na internet. Se você está procurando uma forma de ganhar uma renda extra ou quer começar o ano com trabalho novo, então podemos ajudar você. Aprenda como criar um infoproduto, logo abaixo.

Como criar um infoproduto? O que é infoproduto?

Antes de aprender como criar um infoproduto é preciso entender o que o configura dessa maneira.

Um infoproduto nada mais é do que um produto para ser “consumido” digitalmente, ou seja, para ser baixado ou “usado” online.

Geralmente, esses produtos digitais possuem uma funcionalidade educativa de diferentes áreas do conhecimento.

Qual infoproduto criar?

Agora que você sabe o que é um infoproduto, então já pode escolher qual será o seu próprio produto digital.

Existem vários tipos de infoprodutos que podem ser comercializados no universo digital — alguns precisam de mais habilidade tecnológica e outros, não.

Você pode criar e-books, áudios, vídeos, softwares, palestras online, apostilas e muito mais.

Escolha aquele infoproduto que for mais compatível com as suas habilidades para ficar mais fácil o processo de criação.

Afinal, como criar um infoproduto?

Cada tipo de produto digital informativo possui um modelo de exemplo para criação. Vamos explicar como criar os 3 tipos de infoprodutos mais vendidos.

1. E-book

Os e-books estão entre os infoprodutos mais vendidos na internet.

Além da procura ser alta, os e-books são fáceis de fazer e possuem modelos prontos ou semi-prontos na internet.

Eles podem ser criados em formato PDF, DOC ou outros modelos simples de trabalhar.

Se você for especializado em algum assunto ou possuir conhecimento sobre certa área, então crie um e-book a respeito desse assunto que você domina.

2. Podcast

Os podcasts estão conquistando cada vez mais os brasileiros, principalmente por conta do crescimento da adesão aos aplicativos de streaming.

Outro motivo é que muitas pessoas preferem ouvir informação enquanto fazem alguma tarefa do que separar um momento para ler.

Se você consegue falar por alguns minutos sobre assuntos que são interessantes e as pessoas vão querer ouvir, então grave seus áudios e disponibilize na internet.

3. Vídeo-aula

Muitas pesquisas e estudos mostram o número crescente de pessoas que estão aderindo o hábito de assistir vídeos na internet.

Sem dúvida, o vídeo é um formato de conteúdo que vai se manter firme durante muito tempo. Portanto, se você criar vídeo-aulas pode ganhar uma renda com isso.

Grave os vídeos, edite e depois publique em alguma plataforma. Lembre-se que é importante dominar o assunto para passar informação que o usuário procura.

Como vender seu infoproduto?

A parte final da criação de um inforproduto é a comercialização. Como vender? Em qual plataforma apostar?

Uma das principais estratégias é se tornar um afiliado. Como isso é possível?

Basta encontrar uma Rede de Afiliação (empresa de Marketing que faz a intermediação dos afiliados e anunciantes) e fazer parte do time de afiliados.

Outra dica é criar landing page (páginas de conversão) do seu produto e disponibilizar em diferentes sites, blogs e outras plataformas.

Enfim, agora que você sabe como criar um infoproduto, então pode se tornar um anunciante na Confilio. Faça parte da nossa rede, clicando aqui!

Marketing Digital,

Como ganhar dinheiro na internet em 2019

Logo mais o novo ano começa. Já pensou o que quer para esse novo período? Que tal ganhar dinheiro na internet em 2019? Nós da Confilio vamos te ajudar a iniciar essa nova fase com uma renda extra online. Vamos lá!

Como ganhar dinheiro na internet em 2019?

Sabia que é possível ganhar dinheiro na internet em 2019? Se você quer uma grana extra para pagar suas contas e começar o ano fora do sufoco, então veja nossas dicas do que fazer!

1. Ganhar dinheiro na internet com Blog

Todo mundo pode ter um blog, mas é preciso oferecer informações relevantes para atrair os visitantes.

Se você domina algum assunto ou é formado em alguma área específica, então pode criar um blog e ganhar dinheiro com ele.

Utilize estratégias de SEO para melhorar as posições nas ferramentas de busca (Google, Bing e outros).

Se o seu Blog começa a ganhar uma boa quantidade de usuários, então pode conseguir anunciantes e posts patrocinados nas páginas.

2. Ganhar dinheiro na internet com afiliação

Você sabe o que é um afiliado? Um afiliado é um usuário que possui uma página na internet e disponibiliza “espaços publicitários” para marcas/empresas.

Ele se torna um afiliado ao entrar para uma Rede de Afiliação — que faz o intermédio entre o afiliado e a marca/empresa anunciante.

Cada Rede de Afiliação oferece um valor de comissão, um tipo de renumeração e uma data de pagamento para os afiliados. Isso fica acordado no início da afiliação.

Você precisa de uma página na internet para receber os anúncios, então crie um Blog, canal no Youtube, Redes Sociais, entre outras plataformas.

3. Ganhar dinheiro na internet com loja virtual

Os brasileiros aprenderam (e se acostumaram) a comprar tudo online. Por isso o número de lojas virtuais cresce constantemente no Brasil.

Se você quer ganhar dinheiro na internet em 2019, então pode apostar nesse tipo de modelo de negócio virtual.

Você pode comprar templates prontos, comprar ou alugar hospedagem de site ou contratar um profissional de web para desenvolver uma loja do jeito que você quiser.

Você pode ainda colocar produtos importados de grandes empresas, como a Ali Express, para revender na sua própria loja virtual.

4. Ganhar dinheiro na internet com infoprodutos

Infoprodutos são produtos digitais que passam informações relevantes para os usuários na internet. Eles podem ser baixados ou “usados” online.

Você pode vender para as pessoas na internet através de algum site, blog, landing page (envio de E-mail Marketing) ou rede social.

O pagamento é feito online e o produto digital pode ser enviado para o e-mail do comprador.

Existem vários tipos de infoprodutos que podem ser criados ou vendidos por você em 2019. São eles:

  • E-books;
  • Audiobooks;
  • Cursos online;
  • Programas de assinaturas;
  • Screencasts (vídeo gravado na tela do celular);
  • Poadcast;
  • E-Magazines;
  • Apostilas para estudo;
  • Kits (pacotes com diferentes produtos digitais sobre determinado assunto);
  • E outros.

Portanto, essas são só algumas das formas de ganhar dinheiro online em 2019. Fique atento aqui para saber outras tendências de vendas para o próximo ano.

Enfim, quer ganhar dinheiro na internet em 2019? Então conheça a Confilio, empresa de Marketing de Performance esse torne nosso afiliado, clicando aqui!

Marketing Digital,

Aprenda 5 formas de ter uma renda extra online

Sentiu que orçamento está apertado e está procurando uma renda extra online? Nós da Confilio podemos te ajudar. Selecionamos algumas formas de ganhar dinheiro na internet e você confere, logo abaixo!

O que é renda extra online?

Se você ouviu falar sobre ganhar uma renda extra online ou trabalhar na internet, mas não sabe muito bem como funciona, então está no lugar certo.

Ganhar dinheiro na internet está relacionado com trabalhos que podem ser feitos online.

Em outras palavras, tirar uma renda extra online significa vender ou produzir conteúdo na internet e receber por isso.

Se você está interessado em trabalhar na internet e ganhar dinheiro com isso, nossas dicas (abaixo) podem ajudar.

1. Se torne um Afiliado

Você sabe o que é um Afiliado? Um Afiliado é um usuário que vende “espaços de publicidade” no seu site ou página na internet.

Esses espaços são vendidos para empresas que querem divulgar um produto ou oferta. E precisam de páginas que possuem engajamento e o mesmo perfil de público.

Para se tornar um Afiliado você só precisa de uma página na internet em qualquer plataforma.

2. Faça parte de uma Rede de Afiliação

Agora que você sabe o que é um Afiliado, então pode entender como funciona uma Rede Afiliação.

Essa rede funciona como um intermédio entre os produtores de conteúdo (blogueiros, youtubers e outros tipos), empresas de Marketing Direto e anunciantes.

Para entender melhor, veja o exemplo:

Um blogueiro de moda se torna Afiliado de uma Rede de Afiliação, que faz a intermediação, recebe anúncios de uma empresa anunciante do universo da moda para anunciar no seu Blog.

Sendo assim, criadores de conteúdo, agência de Marketing e anunciantes ganham com a Rede de Afiliação.

3. Se torne um infoprodutor

Pessoas que são criativas, gostam de criar coisas novas ou dominam uma área muito bem podem se tornar um infoprodutor.

Infoprodutor é um usuário na internet que cria e vende um produto digital, geralmente oferecendo informação.

Os tipos mais comuns de infoprodutos são e-books, vídeo-aulas, softwares, músicas, apostilas e outros formatos online.

Esses infoprodutos podem ser vendidos para serem “usados” online ou baixados como download.

4. Faça um site ou crie um Blog

Uma das formas de se tornar um Afiliado, participar de uma Rede de Afiliação ou vender um infoproduto é criando um site ou Blog.

Se você é da área de criação de conteúdo (jornalismo, publicitário, designer…) ou se você domina um assunto muito bem e sabe escrever sobre ele, então crie um site ou Blog.

Se você não domina muito a arte da escrita, então pode fazer um curso para aprimorar essa qualificação.

5. Se torne um Youtuber

Se você não gosta de escrever e prefere falar, então precisa se tornar um Youtuber.

Nos últimos anos, as pessoas passaram a consumir mais vídeos na internet em comparação com o consumo de TV, por exemplo.

Veja qual o assunto que você domina, então grave e edite vídeos para o YouTube.

Além de receber pelo número de visualização na plataforma e propaganda de anunciantes, você ainda pode ganhar com a monetização do Google Adsense (empresa de anúncios do Google).

E aí, quer ganhar uma renda extra online? Quer saber mais sobre Rede de Afiliação? Então conheça a empresa Confilio e se torne um Afiliado, clicando aqui.